“Maio Amarelo”: Em São Félix blitz educativa orienta condutores na cidade

Redação Por: Redação

Segurança Novidades

Publicado em 29/05/2019 16:36h

“Maio Amarelo”: Em São Félix blitz educativa orienta condutores na cidade

Dentro da campanha Maio Amarelo, o Departamento de Trânsito de São Félix do Xingu realizou blitz educativa na sexta-feira, 24. Na Avenida Rio Xingu, os agentes alertavam motoristas e motociclistas dos perigos do trânsito e sobre como evitar acidentes. Este ano, o Maio Amarelo tem como lema “Atenção Pela Vida”. O objetivo é reduzir o número de acidentes e feridos no trânsito.

Durante as atividades, os educadores abordaram os condutores alertando-os sobre o respeito à sinalização e os cuidados nas ruas. Motoristas e motociclistas ouviam com atenção e aprovaram a iniciativa da Prefeitura de São Félix do Xingu.

No domingo, 26, o Motoclube de Xinguara se deslocou até São Félix para participar do movimento. Eles incentivaram o uso de equipamentos de segurança, como capacetes ao pilotar motos e cinto de segurança nos carros.

 

Maio Amarelo: estatísticas são alarmantes

A cada 15 minutos, uma pessoa morre em um acidente de trânsito no Brasil. Apesar de impactante, as estatísticas já foram piores. Aos poucos, o País vem conseguindo reduzir as mortes, mas a uma velocidade distante da meta da Organização das Nações Unidas de reduzir pela metade os óbitos em uma década (2011 a 2020).

Em maio de 2011, a ONU lançou a Década de Ação pela Segurança no Trânsito. Governos de todo o mundo se comprometeram a adotar medidas para prevenir esse tipo de ocorrência. O trânsito mata cerca de 1,35 milhão de pessoas por ano no planeta.

No Brasil, ao final do ano de 2011, 43.256 pessoas perderam a vida nas ruas e nas estradas. Seis anos depois, em 2017, o número de indivíduos que morreram envolvidos em colisões e atropelamentos havia caído para 34.236, uma redução de 20,85%. Os dados oficiais são os mais atuais do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, entre as causas mais comuns de acidentes com morte estão a desatenção do motorista, excesso de velocidade, ingestão de álcool, desobediência à sinalização e ultrapassagens indevidas.

Fonte: Blog do João Carlos

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Xingú - Blog de Notícias