Governo elege 30 rotas turísticas prioritárias para estrear programa de incentivo ao turismo

Redação Por: Redação

Mundo Novidades

Publicado em 29/05/2019 10:08h

Governo elege 30 rotas turísticas prioritárias para estrear programa de incentivo ao turismo

Rotas definidas pelo Ministério do Turismo receberão investimentos em qualificação e marketing. Nordeste é região com maior número de rotas turísticas na primeira fase do programa.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, anunciou nesta terça-feira (28) 30 rotas turísticas selecionadas pelo governo federal e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para serem beneficiadas com investimentos do programa Investe Turismo (veja abaixo a lista completa com as 30 rotas selecionadas). A iniciativa tem o objetivo de aumentar o movimento turístico no país.

De acordo com o Ministério do Turismo, as rotas turísticas selecionadas pelo governo federal, pelo Sebrae e pela Embratur – empresa pública federal responsável pela divulgação do turismo brasileiro no exterior – receberão investimentos, ações de marketing e melhoria de serviços para ampliar o número de turistas.

Esses destinos turísticos, informou o governo, responderam, em 2018, por 50,1% do fluxo de turistas nacionais e por 79,1% do fluxo de turistas estrangeiros que visitam o Brasil.

Ainda segundo o ministério, o programa – que será uma parceria entre setor público e iniciativa privada – terá um investimento inicial de R$ 200 milhões, oriundos do Sebrae. Ao todo, 158 municípios de todos os 26 estados e mais o Distrito Federal vão ser beneficiados com ações para incentivar a atividade turística.

Com 10 rotas selecionadas, a Região Nordeste é a que tem o maior número de destinos turísticos escolhidos na primeira etapa do programa. A Região Centro-Oeste terá quatro rotas; A Norte, sete; a Sul terá quatro destinos; e a Sudeste, cinco.

Marcelo Álvaro Antônio afirmou que técnicos do Ministério do Turismo e do Sebrae irão circular pelas cidades selecionadas para apontar, por exemplo, necessidades de investimentos, como construção de hotéis, restaurantes e melhorias da infraestrutura.

O ministro do Turismo destacou que o governo também pretende incentivar o turismo doméstico com esses investimentos, mas, principalmente, o turismo internacional.

No ano passado, o Brasil recebeu 6,6 milhões de turistas estrangeiros, movimento inferior ao dos turistas que visitaram o Museu do Louvre, na França.


As 30 rotas selecionadas

 

>>> Brasília e Chapada dos Veadeiros

 

  • Brasília
  • Alto Paraíso de Goiás (e Vila de São Jorge)
  • Cavalcante

 

>>> Goiânia, Pirenópolis e Goiás

 

  • Goiânia
  • Pirenópolis
  • Goiás

 

>>> Pantanal Norte e Chapada dos Guimarães

 

  • Cuiabá
  • Chapada dos Guimarães
  • Nobres
  • Cáceres
  • Poconé

 

>>> Rota Pantanal Sul e Bonito

 

  • Campo Grande
  • Bonito
  • Bodoquena
  • Jardim
  • Aquidauana
  • Corumbá
  • Miranda

 

>>> Manaus e Polo Amazônico

 

  • Manaus
  • Novo Airão
  • Presidente Figueiredo

 

>>> Belém, Ilha do Marajó, Santarém e Alter do Chão

 

  • Belém
  • Salvaterra
  • Soure
  • Santarém (e vilas de Alter do Chão e Ponta de Pedras)
  • Belterra (Flona do Tapajós)

 

>>> Palmas e Jalapão

 

  • Palmas
  • Mateiros
  • Ponte Alta do Tocantins
  • São Félix do Tocantins

 

>>> Boa Vista e Monte Roraima

 

  • Boa Vista
  • Pacaraima

 

>>> Macapá

 

  • Macapá

 

>>> Rio Branco

 

  • Rio Branco

 

>>> Porto Velho e Guajará-Mirim

 

  • Porto Vellho
  • Guajará-Mirim

 

>>> Maceió e Costa dos Corais

 

  • Maceió
  • Barra de Santo Antônio
  • Japaratinga
  • Porto de Pedras
  • Maragogi
  • São Miguel dos Milagres
  • >>> Aracaju e Cânions do São Francisco
  • Aracaju
  • São Cristóvão
  • Laranjeiras
  • Itabaiana
  • Estância
  • Canindé de São Francisco

 

>>> Recife, Olinda e Porto de Galinhas

 

  • Recife
  • Olinda
  • Ilha de Itamaracá
  • Igarassu
  • Tamandaré
  • Ipojuca (Porto de Galinhas)

 

>>> Fernando de Noronha

 

  • Fernando de Noronha

 

>>> Salvador e Morro de São Paulo

 

  • Salvador
  • Mata de São João (Praia do Forte)
  • Cairu (e Morro de São Paulo e Boipeba)


>>> Costa do Descobrimento

 

  • Porto Seguro (e Arraial d'Ajuda, Trancoso e Caraíva)
  • Santa Cruz Cabrália

 

>>> Rota das Emoções

 

  • Fortaleza
  • Trairi
  • Jijoca de Jericoacoara
  • Camocim
  • Cruz
  • Barroquinha
  • Chaval
  • São Luís
  • Barreirinhas (Lençois Maranhenses, Vilarejo Atins)
  • Santo Amaro do Maranhão
  • Araioses
  • Tutóia
  • Paulino Neves
  • Parnaíba
  • Cajueiro da Praia
  • Ilha Grande
  • Luís Correia
  • Teresina e Serra da Capivara
  • Teresina
  • São Raimundo Nonato (Serra da Capivara)
  • Santa Cruz dos Milagres
  • João Pessoa e Litoral
  • João Pessoa
  • Conde
  • Cabedelo

 

>>> Natal e LitoralNatal

 

  • Parnamirim
  • Extremoz
  • Maxaranguape
  • São Miguel do Gostoso
  • Touros
  • Tibau do Sul (e Praia da Pipa e Praia do Amor)
  • Galinhos
  • Baia Formosa

 

>>> Vitória e Montanhas Capixabas

 

  • Vitória
  • Guarapari
  • VilaVelha
  • Venda Nova do Imigrante
  • Domingos Martins

 

>>> Belo Horizonte e Cidades Históricas de Minas

 

  • Belo Horizonte
  • Brumadinho
  • Diamantina
  • Ouro Preto
  • Mariana
  • Sabará
  • Congonhas
  • São João del Rey
  • Tiradentes

 

>>> Rio de Janeiro Imperial

 

  • Rio de Janeiro
  • Petrópolis
  • Nova Friburgo
  • Teresópolis

 

>>> Costa do Sol - Região dos Lagos

 

  • Armação dos Búzios
  • Arraial do Cabo
  • Cabo Frio
  • Rio das Ostras
  • Saquarema
  • Angra dos Reis (Ilha Grande)
  • Paraty

 

>>> São Paulo e Litoral Norte

 

  • São Paulo
  • Ilhabela
  • Bertioga
  • Ubatuba
  • Caraguatatuba
  • São Sebastião

 

>>> Corredor do Iguaçu

 

  • Curitiba
  • Morretes
  • Paranaguá
  • Foz do Iguaçu

 

Porto Alegre e Serra Gaúcha

 

  • Gramado
  • Canela
  • Nova Petrópolis
  • Bento Gonçalves
  • Caxias do Sul
  • São Francisco de Paula
  • Garibaldi
  • São José dos Ausentes
  • Jaquirana
  • Cambará do Sul

 

>>> Porto Alegre e Missões

 

  • Porto Alegre
  • São Miguel das Missões

 

>>> Serra-Mar Catarinense

 

  • Florianópolis
  • Lages
  • São Joaquim
  • Urubici
  • Palhoça
  • Garopaba
  • Imbituba
  • Laguna
  • Balneário Camboriú
  • Bombinhas
  • Penha
  • Porto Belo
  • Blumenau
  • Brusque
  • Itajaí
  • Timbó
  • Pomerode
  • São Francisco do Sul
  • Joinville

 

Medida provisória

 

Marcelo Álvaro Antônio disse na entrevista coletiva que o Ministério do Turismo está elaborando uma medida provisória para, entre outras ações, criar áreas de interesse turístico. A criação desses setores, na avaliação do ministro, vai acelerar o licenciamento ambiental para empreendimentos ligados ao turismo e facilitará o acesso a linhas de crédito.

"Temos um projeto piloto em Ilha Grande, na região de Angra dos Reis. Queremos retirar os excessos. Não estamos falando em degradar o meio ambiente, mas alinhar o desenvolvimento com a preservação do meio ambiente", declarou.

A Estação Ecológica de Tamoios (Esec Tamoios), que o presidente Jair Bolsonaro quer transformar em uma "Cancún brasileira", ocupa menos de 6% da baía de Angra dos Reis (RJ) e abriga espécies ameaçadas de extinção. O conjunto de ilhas também serve como refúgio para animais marinhos e como laboratório natural, que já foi usado em mais de 130 pesquisas nos últimos 11 anos.

Em 2012, Bolsonaro foi multado em R$ 10 mil pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) ao ser flagrado pescando num barco em uma área que integra a Esec Tamoios. Em dezembro do ano passado, a multa foi anulada e, em 2019, o servidor responsável pela fiscalização foi exonerado.

Atualmente, não é permitido visitar, pescar, mergulhar, construir ou ancorar barcos dentro da estação ecológica. A intenção é preservar as espécies ameaçadas, como a garoupa, o cavalo-marinho, o boto cinza, o mero e o peixe-anjo, além de garantir a circulação de animais migratórios pela região, como pinguins.

De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), mais de 200 espécies de peixes vivem ali. Além da fauna marinha, o instituto registra ainda a presença de aves e plantas raras, como alguns tipos de orquídeas e bromélias.

Fonte: G1

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Xingú - Blog de Notícias