Soldado da PM é preso por porte ilegal de arma de fogo durante operação da PF em Altamira

Redação Por: Redação

Segurança Novidades

Publicado em 28/09/2020 14:58h

Soldado da PM é preso por porte ilegal de arma de fogo durante operação da PF em Altamira

Um soldado da Polícia Militar foi preso em flagrante na última quinta-feira (24) por porte ilegal de arma de fogo durante operação da Polícia Federal em Altamira, sudeste do Pará.

De acordo com a Polícia Civil, agentes federais estavam cumprindo um mandado de busca e apreensão na casa do soldado quando encontraram uma arma, calibre .38, sem registro e três munições intactas. Apesar de não ter nenhum mandado de prisão contra o suspeito, o homem foi preso em flagrante e encaminhado para o Batalhão da PM.

Ainda segundo a PC, a arma de fogo, apesar de ter numeração de registro, não estava registrada. Dessa forma, foi lavrado um auto de flagrante na delegacia por porte ilegal de arma de fogo e fixada fiança de dez salários mínimos. O soldado pagou o valor da fiança e foi liberado na tarde desta quinta-feira.

Em depoimento, o soldado alegou que recebeu a arma em uma dívida há um tempo, de um pedreiro que trabalhava na casa dele, mas não deu mais detalhes sobre como teria conseguido a arma. Segundo a PC, o soldado está afastado da PM há pelo menos dois anos por laudo de saúde.

O soldado Elias Cavalcante segue sendo investigado em um inquérito sigiloso da PF. A operação federal é relativa a roubos de cargas dos Correios.

 

Em nota, a PM informou que o soldado está afastado das suas funções e será submetido a um processo administrativo interno da Polícia Judiciária Militar. A PM disse ainda que não compactua com qualquer conduta que viole o código de ética da corporação.

Por: G1 PA — Belém

Foto: Reprodução

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Xingú - Blog de Notícias